ads top

MINHA EXPERIÊNCIA COM DANÇAS LIGADAS AO SAGRADO FEMININO


Foto: Décio Romano. Modelo: Luciana do Rocio Mallon

Como as Danças, Ligadas Com o Sagrado Feminino, Ajudaram as Minhas Saúde e Espiritualidade

Meu nome é Luciana do Rocio Mallon e tenho problemas na coordenação motora fina. Pois desde criança possuo dificuldades em Artes Plásticas e Educação Física, então nestas aulas eu ficava retraída para evitar mais bullying, porque já sofria preconceito na época.

Assim, na minha juventude no final dos anos 90, resolvi trabalhar no comércio já que sempre tive facilidade em vendas. Porém, mesmo assim, meus problemas motores dificultavam meu serviço porque eu possuía muitos problemas em dobrar roupas, fazer pacotes de presente e desenhar.

Porém, em 2008, decidi dar um basta nisto e consultei uma fisioterapeuta que me passou alguns exercícios e me recomendou aulas de Dança Cigana ou Flamenca.

Em 2009, me matriculei em uma academia, onde tive aulas destas danças. Lá fiz muitos exercícios com braços, pernas e mãos que facilitaram nos meus serviços com o comércio. Sem falar que a Dança Cigana e a Flamenca lidam com o Sagrado Feminino. As ciganas saíram da Índia e se inspiraram em cada local que passavam para compor seus balés. Assim a Dança Cigana também tem influência árabe e de muitos países da Europa. Por isto, neste balé cada gesto e acessório tem um significado espiritual:

- Movimentos com os braços: estes gestos lembram as deusas indianas que possuíam vários braços porque eram capazes de executar várias tarefas ao mesmo tempo. Ao mexer os braços e as mãos, as dançarinas entram em contato com os silfos, que são os elementais do ar.
- Batidas com os pés: significa segurança e a luta em busca dos sonhos.
- Pés descalços: captam a energia da terra.
- Passadas suaves com os pés: quer dizer respeito com a terra. Pois com o balé é possível desenhar com os pés no solo.
- Lenço quadrado: faz referência aos quatro elementos: terra, ar, fogo e água. Também significa fertilidade. Quando uma cigana deseja engravidar, ela oferece seu lenço à Santa Sara.
- Xale: lembra as mulheres mais velhas como as avós, por exemplos. Também significa uma família simples: pai, mãe e filho. Quando se deseja invocar um ancestral muitas culturas fazem danças com xales.
- Leque: purifica o ambiente e reza a lenda que traz mais opções para nossas vidas. O leque também pode significar, na dança: a meia-lua, sol e criaturas, com asas, como borboletas e pássaros por exemplos.
- Lenço com moedas: protege os quadris e o útero dos maus espíritos. Além de atrair riqueza e prosperidade.
- Incenso: purifica, perfuma e tira os maus fluidos do ambiente.
- Remelexo com os quadris: na dança do ventre é ligada à fertilidade e de acordo com os gestos ajuda a curar problemas com relação ao aparelho reprodutor.
- Vela: trabalha com o fogo e significa luz.
- Saia rodada: liga o corpo da mulher com o Sagrado Feminino da terra.
- Castanholas: fabricam a percussão. Significam, por causa do som, uma referência aos barulhos dos cavalos que eram animais importantes na antiguidade.
As danças ligadas ao Sagrado Feminino trazem os seguintes benefícios para a saúde:
- Melhoram a coordenação motora.
- Ajudam na produção de endorfina, substância que diminui a Depressão.
- Fortalecem os músculos.
- Equilibram a pressão arterial.
- Auxiliam na noção espacial.
- Ajudam na elasticidade.
- Corrigem a postura.
- Auxiliam na perda de gordura mórbida.  

Por isto também resolvi experimentar outros balés ligados ao Sagrado Feminino como: Danças Circulares, Dança do Ventre, Dança Tribal, Danças de Princesas e Camponesas Medievais.

Hoje, graças às estas aulas, consigo dobrar uma roupa e fazer um pacote de presente, atividades que eram praticamente impossíveis para mim nos anos 90. Minha noção espacial também melhorou. Pois na minha infância tinha pequenos acidentes por ter dificuldade de perceber os tamanhos dos espaços.
Minha experiência com as danças, ligadas com o Sagrado Feminino, deu tão certo, que agora sou chamada para me apresentar, gratuitamente, em eventos culturais.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.