ads top

NO BRASIL O AGRO NÃO É POP

FOTO REPRODUÇÃO/GOOGLE

O agrotóxico foi desenvolvido na primeira guerra mundial e bastante utilizado como arma química na segunda guerra. Hoje, usado como “defensivo agrícola” pela banda podre do ruralismo, à qual vem ganhando projeção na política do Brasil. Desfazendo da opinião de cientistas e técnicos, passando por cima de toda opinião antiveneno, que está preocupada com a saúde humana. Os ruralistas infeccionam a legislação brasileira, com o propósito de obter o lucro. A regulamentação do agrotóxico vem sendo tomada pelo capitalismo selvagem, que o governo atual impôs ao país.

Com o intuito de informar o leitor, usando a informação histórica para acabar com a informação anistórica à qual os ruralistas capitalistas trabalham. O DDT foi o primeiro agrotóxico usado em 1939, descoberto como inseticida pelo ganhador do prêmio Nobel de química, Paul Miller. O DDT era o salvador para o combate ao inseto propagador da malária. Entretanto, o DDT foi diagnosticado como um produto cancerígeno. O veneno usado para exterminar o mosquito da malária fez parte de um passado da história do agrotóxico, porém, até os dias atuais, os venenos usados em produtos agrotóxicos ainda possuem química cancerígena. Atualmente, no Brasil, o uso sem regulamentação do agrotóxico foi aprovado em comissão especial da câmara dos deputados, a lei 6299/2002, conhecida como: PL do veneno, uma vitória para a bancada ruralista.

O pós-guerra fez com que a ampliação da indústria crescesse dentro de uma economia capitalista. A indústria química foi uma das a ganhar impulso, juntamente com a economia agrícola. O agrotóxico logo veio como salvador deste impulso industrial e agrícola, chegando ao Brasil com o financiamento do banqueirismo. O agronegócio e o agrotóxico propuseram uma junção benéfica e lucrativa para os negócios. Isso fez com que uma contaminação ambiental do solo fosse parar em nossas mesas, fazendo com que muitas crianças ficassem sem as proteínas essenciais para o seu desenvolvimento saudável. Mas o lucro do agrotóxico domina a política atual do nosso país: Só em 2015, as empresas faturaram R$ 32 bilhões com a venda de agrotóxicos.

Enquanto a Europa tenta reverter esse quadro histórico de veneno nos alimentos, o Brasil se aprofunda mais no índice de consumidor de agrotóxicos: 5° maior consumidor de agrotóxicos na agricultura no mundo. Franciléia Paula de Castro, educadora da FASE no Mato Grosso e integrante da Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida afirmou: “Enquanto 28 países da Europa revisaram recentemente um agrotóxico que prejudica as abelhas, o Brasil está discutindo um projeto de lei que quer flexibilizar a legislação atual de agrotóxicos”.

Privatizações, cortes no orçamento da educação, desemprego, patrimônios históricos pegando fogo e um candidato a presidente que, por onde passa, só consegue fazer gestos com armas, mas que está sendo manipulado por um economista entreguista, que será seu ministro da fazenda. O pior é que este candidato segue em primeiro lugar nas pesquisas! Onde vamos parar? Cada dia que passa fica mais claro que estamos sofrendo um golpe, mas dessa vez sem a força das botas. E este golpe sangra a nação aos poucos...

10 comentários:

  1. Interessante conhecer mais dos agrotóxicos. Hoje quase tudo que a gente come tem isso, o que não é nada bom para a saúde.
    Bom restante de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  2. Interessante saber mais sobre o assunto, eu nunca procurei me informar mais, mas a minha mãe sempre comprou coisas sem agrotóxicos pra comermos em casa. Isso faz um mal danado, não só pra saúde né, pro solo também.

    ResponderExcluir
  3. Com a produção em massa o uso dos agrotóxicos aumentou exponencialmente , quase todos os alimentos que compramos nas grandes superfícies têm agrotóxicos , eu depois de ler bastante sobre o assunto comecei aos poucos a mudar os hábitos alimentares e comecei a comprar produtos isentos de químicos , vou ao mercado local , compro a pequenos produtores tento comprar sempre orgânicos , a saúde agradece !

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Como sempre, você nos apresenta um belo artigo a respeito de um tema e traz boas reflexões para todos nós. É triste ver o quanto o Brasil ainda usa agrotóxicos em seus alimentos e o quanto isto acaba nos afetando posteriormente. Podemos perceber que a situação só piora, e isto, em todos os âmbitos, desde a educação, economia. Só espero que na hora de votar, saibamos fazer o melhor. Gostei das informações, parabéns por trazê-las.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Gosto bastante de ler artigos que tragam mais conhecimentos. Agrotóxicos pelo que entendo e ouso falar esta em tudo, mas depois da sua " reflexão " da para percebe enquanto isso vem nos afetando.

    ResponderExcluir
  6. É triste saber que o Brasil ainda não desenvolveu algo capaz de banir o uso do Agrotóxico, essa substância afeta tanto a nossa vida que deveria ter uma lei para banir.

    ResponderExcluir
  7. Muito triste essa situação, mais triste ainda é o valor que pagamos no produtos que não possuem agrotóxicos. As vezes tenho medo que até esses produtos estejam envenenados.

    ResponderExcluir
  8. Olá Jonas,

    Pra mim é sempre muito triste ver como as pessoas se importam mais com lucro e dinheiro do que com pessoas. Mesmo que você nunca vai ver a pessoa na vida, agrotóxicos envenenam pessoas todos os dias e parece que ninguém se importa.
    E se você tenta comprar produtos sem agrotóxicos tem que vender o rim pra pagar. É foda!! Tudo é dinheiro nesse país e a gente acaba ficando refém dos poderosos que pouco se importam com a saúde da população.
    É triste. Muito triste!!!

    Grande beijo,
    Letícia Franca | Além de 50 Tons
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Gostei de ler mais sobre isso. Já sabia que infelizmente o Brasil está se afundando nesse caso de agrotóxicos e realmente isso é algo muito triste. Enquanto inúmeros países o proíbe, o Brasil libera e infelizmente quase toda a população não tem escolha do que comer e como comer.

    Parabéns pelo texto, muito informativo e esclarecedor

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem ?

    Gostaria de lhe parabenizar pela postagem, que nos enriquece com um conhecimento melhor sobre agrotóxicos, além de está direta e clara sobre o assunto. Assim como a questão do desemprego também citada .

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.