ads top

SIM, PRECISAMOS FALAR SOBRE POLÍTICA!

FOTO/ REPRODUÇÃO Randy Colas DE Unsplash
Te entendo perfeitamente, também não suporto quando vou ver o meu Facebook e só encontro fatos e notícias políticas, quando na verdade queria ver memes. E quando abro o Instagram para ver fotos bonitas e encontro a mesma coisa? Mas também entendo que as redes sociais está refletindo o que está acontecendo lá fora, estamos vivendo um período crítico na política brasileira, a sociedade está sendo tomada pelo conservadorismo retrogrado que temos e consequentemente, estamos tendo em segundo lugar nas pesquisas eleitorais um candidato racista, machista, lgbtfobico e visando somente o lucro dos empresários, que todos já estão cansados de saber que visam o fim dos direitos trabalhistas sob as empresas. Mais lucro, com pouco investimento e sem condições de trabalho.

Muitos estão aproveitando da desculpa de 'posição política' para apoia-lo, e infelizmente temos pessoas ingênuas que acreditam em tal pessoa e as mau caráter que querem trazer de volta o Brasil das décadas passadas, fazendo com que as maiores riquezas do país sejam concentradas em um número pequeno de pessoas, isso é assustador, eu sei. Na prática é ainda pior. Eu também não gosto de falar sobre política, dá uma tristeza de vez em quando, mas quando notamos que realmente é necessário, é porque a coisa não está muito boa, principalmente pro nosso lado. Temos Influenciadores Digitais se mobilizando para poder conscientizar o maior número de pessoas para que não façam besteira, justamente neste ano, que vem tendo diversos escândalos políticos decorrentes do golpe de 2016, contra a então presidente Dilma Rousseff, para poder colocar no poder os políticos corruptos que não conseguiriam subir ao poder concorrendo por votos diretos.

papel do influenciador está sendo exercido da melhor maneira, diversos Youtubers que defendem os movimentos sociais estão se mobilizando para que seus seguidores votem com consciência e pensando na sociedade em geral, não nas próprias condições vitais e posição social.

Uma das influenciadoras digitais que decidiu utilizar da sua gigantesca influencia foi a Jout Jout, criando uma série que conta - com humor - o início da história da política até os dias de hoje e com uma sútil mensagem, pede para que todos os seus seguidores pensem de maneira coletiva e consciente em quem realmente deve votar, que seja uma pessoa que te represente e represente aquilo que defende - então se alguém vota em quem compartilha de opiniões preconceituosas, posição política não é com certeza. E acompanhando a série até os momento presente, pude ver que os números e a interação vem crescendo também. Consequentemente, muitos de conceitos contrários também a atacam mas são invisibilizados por tantos comentários de agradecimento e debates que podem ser levantados pela Júlia até o dia da eleição.

Influenciar fora do virtual

A internet é hoje um dos maiores mecanismos de procura por informações do que acontece fora do nosso espaço, também uma ferramenta muito poderosa quando se trata da influência que tem sobre as pessoas e a sua maneira de viver no âmbito social, estamos vivendo um momento de grande alienação por conta do conservadorismo politico e social que está entrando e ganhando forças dentro da internet por influencers que vêm compartilhando essa ignorância - e isso é alarmante. Um exemplo do que está acontecendo pode ser visto também no golpe de 2016, quando o MBL investiu no poder das redes para pressionar as emissoras de TV e levar um grande número de pessoas para as ruas, e hoje eles estão concorrendo à cargos públicos. Há também uma grande mobilização virtual para eleger o Bolsonaro á presidência, o que séria um dos maiores desastres que a democracia sofreria por causa da grande violência ás minorias pelos apoiadores do mesmo e alimentada pelo candidato.

É de extrema importância conversarmos e debatermos sobre política, mas expondo o que de fato pensamos de maneira honesta e sem avançar pra agressividade - o que a turma do outro lado normalmente faz. Já tive uma dessas tentativas e foi falha, mas é super importante falarmos sobre o assunto com quem realmente quer ouvir, as vezes algumas pessoas se fazem de cegas e alguns casos, realmente podem estar. Ontem o TSE barrou a candidatura de Lula, e como esperado, recebi diversas mensagens e vi diversos comentários de lamentos sobre o ocorrido. Além de ser perceptível esse novo golpe contra o povo brasileiro e porquê a grande importância de termos ele na presidência novamente.

A crise

O desemprego está em alta, os números são gigantescos e mau podemos imaginar a quantidade de pessoas que cabem nele. O maior motivo pelas pessoas quererem Lula novamente ao poder é porquê precisamos de alguém que trabalhe pelos direitos sociais e trabalhista de forma clara e que faça efeito dentro da sociedade. Hoje temos muitos candidatos, as mais diversas propostas que visam o lucro e o crescimento econômico, e isso é bom. Mas quando passamos a estudar realmente esses candidatos de direita, percebemos que a maioria defende os interesses dos empresários e eles querem trabalhar baseados neste segmento.

Isso é mais do que claro no candidato que se diz salvador da pátria, ou vai me dizer que é totalmente viável ter menos direitos trabalhistas para gerar mais emprego? Assemelha-se a escravidão, se olhar por outro ângulo.

O colapso que estamos vivenciando na economia também decorre do golpe, a retirada do dinheiro público para manter as alianças que naufragou o país e vem tornando-o mais miserável e ignorante do que nunca, para eleger outros candidatos que darão continuidade no mesmo processo, certeza! Mas quanto mais nos fizermos de cego ou confiar de olhos fechados em alguém que promete defender seus próprios interesses, fique ciente de que você também é alvo deste disparo. Afinal, não será só você que terá acesso à arma caso seja liberado o porte.

Vamos rever nossos conceitos, assumir nossos preconceitos e procurar reconstruir conceitos - não há nenhum problema em tê-los e querer reverter, basta querer e isso já pode ser um passo à frente. Dividir posição política de opinião pessoal também é viável, pois querer governar um país compartilhando de opiniões racistas onde a maioria da população é negra, capitalizar a área da Floresta Amazônica tendo uma vasta população indígena e não entendendo dos princípios que terá que vistoriar sendo então presidente (como economia, segurança e saúde), tenho certeza que você não está querendo mudança para o país pensando no social, você quer viver a sua ignorância fora do imaginário.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.