Ads Top

A MODA DOS LEQUES E O SAGRADO FEMININO

FOTO/ REPRODUÇÃO GOOGLE
Quando eu era criança gostava de brincar com o leque da minha avó de diversas maneiras: imaginava que este objeto era uma meia-lua, fazia de conta que ele era a asa de uma ave e de vez em quando o leque até se transformava em instrumento musical em minhas mãos.

Logo fiquei encantada ao saber que um dos acessórios que voltou às ruas e está fazendo sucesso na moda Primavera-Verão de 2018 é o leque. Este acessório além de charmoso tem uma ligação mística com o Sagrado Feminino.

Na Mitologia Grega Eros, o deus do amor, quando estava espiando sua amada Pisquê, sentiu tanto calor com sua beleza que roubou uma asa de Zéfiro, o deus do vento, para se abanar e, também, para refrescar sua amada enquanto dormia.

Arqueólogos comprovaram que as Mulheres das Cavernas faziam leques com penas de animais. Mas foi na Idade Média que o leque adquiriu uma linguagem secreta. Naquela época, como as mulheres eram proibidas de paquerar em público, as mais jovens inventaram uma linguagem secreta para comunicação com os pretendentes. Abaixo há uma lista dos significados:
- Leque aberto: sinal de alegria.
- Leque fechado: tristeza e seriedade.
- Tocar o leque aberto olhando para um cavalheiro: significa desejo de se encontrar, às escondidas, com ele.
- Apoiar o leque do lado direito: quer dizer que a dama aceita um convite para um encontro.
- Leque fechado sobre a mão direita: significa vontade de arrumar um pretendente.
- Leque aberto no coração: quer dizer a dama passou por uma decepção amorosa.
- Esconder os olhos atrás de um leque aberto: equivale a uma declaração de amor.
- Leque fechado na frente do olho direito: equivale a pergunta "Quando posso lhe ver?"
- Rodar o leque na mão esquerda:  forma de avisar ao parceiro que o casal está sendo observado.
- Segurar o leque na mão direita na frente do rosto: convite que a dama faz para o cavalheiro segui-la.
- Fazer passar o leque em frente ao rosto: significa “Eu te amo”.
- Leque meio aberto nos lábios: um convite ao beijo.


Nas danças antigas há coreografias onde as mulheres dançavam com o leque, veremos alguns significados dos passos aqui:
- Quando ela colocava o leque aberto acima da sua cabeça: significava uma saudação à lua.
- Quando a dançarina pegava o leque aberto com as duas mãos para cima: era uma saudação ao Sol.

O leque tem uma relação com o Sagrado Feminino por ser uma linguagem secreta que as mulheres usavam como forma de libertação e a dança com este instrumento, até hoje, invoca as forças da Lua e do Sol de uma forma esotérica.

Em 2009, escrevi um poema chamado, Abanico e Suas Posições, que foi adaptado em uma coreografia, da professora Cecília Vela. Abaixo trecho do poema:

Quando a cigana pega o abanico...
Tudo ao seu redor fica mais rico!
Pois o abanico limpa e purifica...
A atmosfera para quem fica!  
Quando o leque está aberto...
É sinal de espontânea alegria...
Na cigana de espírito correto,
Do acampamento da harmonia! 
Quando o abanico está fechado...
Significa seriedade e tristeza...
Apesar do clima acinzentado...
A cigana nunca perde a beleza! 
Quando a cigana pega o leque,
Deseja purificar o ambiente!
Espantando o mau moleque...
De uma maneira diferente! 

Na adaptação, a coreografia com este poema ficou assim:


Como o leque é a nova sensação da moda Primavera -Verão de 2018, espero que você aproveite estas dicas para colocar a linguagem mágica dos abanicos em prática.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.