“AFRODANDIES TROPICANA” TRAZ OS HOMENS MAIS ESTILOSOS DA AFRICA DO SUL PARA O BRASIL

FOTO/ REPRODUÇÃO MARCOS MUNIZ
De um lado Marcos Muniz, fotógrafo, filho de uma costureira e modelista. E do outro os AfroDandies, grupo fashionista peculiar da África do Sul. E o que eles possuem em comum? Os cliques de um com a irreverência “modistica” de outro. Intitulado “AfroDandies Tropicana” o fotografo, Muniz, captou o estilo desta tribo que desfila pelas ruas de Joanesburgo, Cape Town, Stellenbosch e Soweto, na África do Sul.

A ideia era simples: criar um photoshot com os caras mais estilosos do mundo utilizando como fundo um tecido de chita paulistana. Marcos queria registrar os protagonistas da moda de rua da África do Sul com nuances de “brasilidade”, com foco na estética das ruas da África do Sul e no visual exuberante e cavalheiro dos Dandies. “A junção desses dois mundos estéticos tão opostos, mas de grande importância, foi criar um novo código visual afro-dandie com DNA brasileiro”, explica o fotógrafo ao site Vice. Além disso, eles aproveitaram cada clique do Muniz para mostrar e enaltecer o orgulho que possuem por esta subcultura africana. Não foi à toa que Menzi Mcunu, eleito um dos homens mais bem vestidos pela revista GQ em 2017, esteve presente no projeto.




Os AfroDandies é um subcultura formada por homens apaixonados pela moda e pelo mundo que a envolve. Usam aquilo que possuem: roupas compradas em lojas vintages ou em segunda mão, sempre com cores e irreverência. É notório o quanto estes jovens são preocupados com a moda e isso faz com que os mesmos “ralem” mais para custear cada centavo de suas peças e acessórios que compõem o look, tornando assim atemporal. "É uma subcultura que não está associada à classe social. Para a maior parte deles, é uma cultura de autoafirmação que vai além da condição social", relata Muniz a Vice.




fotos/ reprodução Marcos Muniz

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.