Ads Top

A FÁLACIA DA CAIXA PRETA DO BNDES

FOTO/ REPRODUÇÃO GOOGLE
Saindo um pouco das páginas policiais às quais o clã Bolsonaro tem sido noticiado na grande mídia e entrando nas fake News. Na semana passada, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgou a relação das cinquenta empresas e entes públicos que mais tomaram recursos emprestados da instituição, a tão falada “caixa preta”. Divulgou também uma lista de países onde empresas brasileiras atuaram com a ajuda do BNDES, o tão falado “empréstimos milionários a países ditatoriais”. No entanto, tais dados já foram divulgados pelo BNDES, o que aconteceu foi um reagrupamento das informações de forma simplificada.

Jair Bolsonaro, usando o twitter, replicou tal informação dizendo ter aberto “caixa preta” do BNDES, fazendo um marketing digital. Fez uma promessa de ir mais “fundo ainda”, espalhando algo que, com certeza, é inexistente. Pronto, o caos foi lançado! Bastou uma tuitada do MITO para seus eleitores encherem a internet de teorias conspiratórias sobre governos anteriores e, principalmente, governos petistas. Depois dessa lista, todos os tipos de fake News foram lançados pela internet.

Vamos aos fatos reais:

As informações disponibilizadas pelo banco já são acessíveis desde a promulgação da Lei de Acesso à Informação. Esta Lei (nº 12.527) foi sancionada em 18 de novembro de 2011 pela presidente da República, Dilma Rousseff (PT), e regulamenta o direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas. É aplicável aos três poderes da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. Todos estes dados mostrados por Bolsonaro já foram divulgados bem antes das eleições.

Investigadores do Ministério Público e do TCU (Tribunal de Contas da União) e até mesmo críticos do BNDES destacaram que, em 2015, ainda na gestão de Dilma Rousseff, o banco passou a divulgar todos os empréstimos concedidos com os valores das operações, taxas de juros, garantias e a íntegra dos contratos assinados. No ano passado, o TCU participou de reformulação que colocou mais informações no portal do banco na internet.

Bolsonaro, quando fala em abrir “caixa preta do BNDES”, mente! Usando um falso moralismo para ganhar populismo, sendo irresponsável em uma rede social para divulgar fake News, tentando ganhar apoio dos menos informados. Ganhou as eleições através de mentiras e continua mentindo. Em Davos, teve a cara de pau de dizer que o Brasil é o país que mais protege o meio ambiente. Um discurso de 6 minutos, relatando uma guerra anti-ideológica, um discurso de um adolescente do ensino médio que lê zines de movimentos anarquistas e que brinca no twitter de forma irresponsável e mentirosa.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.