Ads Top

FEBRE AMARELA, UMA DOENÇA SECULAR QUE ESTÁ DE VOLTA

FOTO/ REPRODUÇÃO Prefeitura Municipal de Ubatuba
O vírus da Febre Amarela é transmitido por mosquitos, do gênero feminino, infectados, geralmente, estes mosquitos são: Aedes Aegypti e Haemagogus. Esta doença possui este nome porque o corpo do paciente torna-se amarelo de repente. A enfermidade tem raiz na África de onde se espalhou para as Américas através do comércio de escravos no século XVII. Durante o século XIX a Febre Amarela invadiu o Brasil de uma forma muito rápida. Porém no século XX a doença diminuiu muito, principalmente, nas décadas de 70 a 90. Em 1942 esta enfermidade passou a ser considerada erradicada no nosso país. Porém surgiram alguns casos nas áreas rurais. Mas a partir do ano 2000 a Febre Amarela voltou, em grandes cidades também, de uma forma assustadora.

Os sintomas iniciais desta doença são: febre, tremores, dores pelo corpo, náuseas, diarreia, vômito com sangue e queda de pressão. Por isto ao sentir estes sintomas, procure um posto de saúde ou médico.

A melhor forma de prevenção é a vacinação que, neste ano de 2019, está disponível gratuitamente nos postos públicos de saúde. A vacina dura dez anos. Porém é necessário manter as seguintes atitudes, mesmo depois da vacinação:
- Limpar o quintal.     
- Não deixar recipientes, com água, expostos ao ar livre.
- Passar repelentes.
- Manter os bicos das garrafas de cabeça para baixo.

Portanto, se você ainda não se vacinou contra esta doença fatal, procure um posto de saúde.

O problema é que nas redes sociais, pessoas desinformadas estão fazendo campanhas contra a vacinação através de notícias falsas. O conselho é que o povo não caia neste tipo de armadilha. Inclusive uma das militantes que lutava contra as vacinas, faleceu de Febre Amarela.

Outro causo assustador é que macacos mortos, por Febre Amarela, estão aparecendo tanto em áreas rurais quanto na cidade. Ao ver um primata morto, a pessoa precisa telefonar para a prefeitura da sua cidade ou para a Força Verde. Outro problema é que alguns humanos estão matando macacos por medo da Febre Amarela, tanto na área rural quanto na cidade, isto é crime ambiental. Ao ver um animal silvestre fora do seu habitat natural, o ideal é telefonar para a Força Verde ou para o IBAMA. 

A Febre Amarela é transmitida apenas pelo mosquito, o macaco é apenas uma vítima.


A melhor luta contra qualquer doença é a prevenção.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.