A FORÇA DO EGO: TER RAZÃO É O QUE IMPORTA

FOTO/ REPRODUÇÃO INEPAD CONSULTING
Estamos em um momento onde culpamos qualquer lado, menos a nós mesmos; onde apenas damos ouvidos a quem pensa como nós, mas se não pensa como certo individuo você é a escória. Tenho visto por ai muitos discursos bonitos e dignos, mas todos eles sem validade ou sentido algum. Se posicionar é apenas válido se pudermos atingir determinado grupo – de uma forma negativa. Não é a toa que constantemente as pessoas têm perdido o decoro e o respeito.

Nosso país, o Brasil, está cheio de falsos moralistas e patriotas, hipócritas, medíocres, julgadores e aqueles que se sentem o próprio Deus. Esquecemos daquilo que mais importava: empatia. A história é a seguinte: você só quer saber de ter razão e é capaz de discutir com qualquer um a ponto de fazer valer sua própria opinião. No facebook está cheio daqueles entendidos, todos formados. Discutem até com o próprio médico, querendo saber mais que ele, não sabendo nada, absolutamente nada, no final. “Mas, é a minha opinião que importa”.

Não é só a opinião que importa, é ter razão que importa de verdade. No final das contas, ninguém se preocupa de verdade, ou sequer tenta entender de verdade. Só querem a superioridade. Seria cômico se na verdade não fosse triste.

Se analisarmos o porquê da própria história estar se repetindo tanto, eu afirmaria que a culpa é sua. Mas, daí então, você na verdade se ofenderia dizendo: “a culpa não é minha, é dos comunistas”. Culpar só um lado é bom ao próprio ego, certo? Você retira o peso do mundo das suas costas e se sente mais leve, não é mesmo? Porque, para você, nada importa de fato, apenas a sua razão, e mostrar que você tem razão é uma questão de ego. Certo?

Mas, que se dane esse texto e o resto, NE? O que importa mesmo é o que eu penso.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.