ads top

POR QUE BEYONCÉ É TÃO IMPORTANTE?

Todos os direitos reservados ©
Eu sempre tive uma grande admiração por Beyoncé. Afinal, cresci em uma cidade pequena predominada por comunidades de grande aglomeração (na verdade, é uma periferia gigantesca) de população maioritariamente negra, com uma cultura predominante voltada para essas raízes, e que mantêm as criações negras em ascensão durante muito tempo. Beyoncé foi uma das maiores artistas que predominaram a cidade, ouvia em todos os cantos (posso jurar que ouvi Homecoming hoje na rua) e sua voz continua sendo familiar para todos, desde os mais novos, jovens e adultos - muitas vezes, idosos sabiam de quem se tratava aquela voz.

Mas quando vivemos, principalmente no Brasil, uma cultura racista e segregacionista (mesmo que muitos não percebam ou queira enxergar) permanece em todos os aspectos do nosso cotidiano, desde as coisas mais simples à estrutura da nossa sociedade política. E há uma importância gigantesca em ter artistas negros (homens e mulheres) quebrando barreiras e se impondo de maneira grandiosa nesses espaços e proliferando inspirações e dando origem a sonhos de jovens negros ao redor do mundo. Beyoncé faz parte dessa gama de sonhos que são inspirados diariamente. Inspirou artistas, que continuam inspirando outras pessoas. 

Ter uma mulher negra como uma das maiores estrelas da música (e em qualquer coisa que ela toque) é uma das maiores bençãos que uma outra pessoa negra pode receber. Pois, em Homecoming ficou exposto toda aproximação que temos com ela, desde a maneira de ser você mesmo com uma certa limitação de exposição, até a maneira que nos apresentamos para não ser apontado de maneira negativa - sabemos bem que, quem sempre paga o pato é a pessoa negra. E enquanto vermos a exaltação das nossas raízes sendo vivenciada por milhares de pessoas durante o Coachella, e vê-la fazendo história (novamente), é a confirmação de que a revolução será preta e ela está dando os seus passos cada vez mais rápido. 

Em todos esses anos que acompanho a sua carreira, não ativamente, nunca vi tantas pessoas negras contentes e felizes consigo mesmo e com outros artistas por se sentirem representados. Inclusive eu fui um desses. Mesmo sem ter assistido Homecoming, exaltar a grandeza de Beyoncé é além do fato de ter acesso a tudo que ela faça, mas de reconhecer todo o seu trabalho e esforço para ser sempre mais que si mesmo. Aprimorando a sua própria arte e promovendo a inovação nos mínimos detalhes que puder. 

Sem dúvidas, mesmo que passe mais e mais anos sem nenhum lançamento novo, Beyoncé continuará sendo grandiosa e influente no seu meio. Pelo seu potencial, sua maravilhosa incrível de administrar tudo com um talento e perfeição, pela sua presença endeusada com razões evidentes a todos os olhos. E, também, por ter inspirado milhares e milhões de sonhos e possibilidades ao redor do mundo entre jovens que podem encaminhar o próprio mundo para um futuro melhor. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.