OPINIÃO

'ENTÃO É NATAL. E O QUE VOCÊ FEZ?"

Então, é Natal. E o que você fez?”. Assim começa a música. Em Brasília a chuva cai desenfreada como em toda véspera de Natal. O frio entra em casa sem pedir licença e mesmo a minha xícara matinal de café não consegue afasta-lo. Talvez seja o espírito Natalino, a cada ano que passa, ficando mais frio. Alguns hoje irão escolher a roupa para vestir e ficar sentado no sofá da sala, esperando dar 00hrs para então poder comer o assado. Enquanto isso os tios e tias perguntam se já casaram, como se aqueles que ainda não entraram em uma vida matrimonial fossem mais desmerecidos e menos agraciados de conquistas. “Então é natal. E o que você fez?”. Assim nos reflete a música. Aqui em Brasília a chuva ainda cai desenfreada. Aqueles que possuem um teto sobre suas cabeças podem se proteger dela, para aqueles que nada possuem sobrou a chuva sobre suas cabeças. O Natal. Ah! O Natal. Houve uma época em que acreditei em Papai Noel e o presente que recebi foi a esperança. Sentia-me a própria Pandora com sua caixa. A esperança então me fez chegar até aqui. “Então é natal. E o que você fez?”. Canta a moça. Natal chega e com ele aqueles filmes clichês de Natal. O que me faz relembrar a infância e a alegria que realmente o Natal era. Li certa vez que natal só era natal quando então éramos crianças. Autor desconhecido, você não faz ideia do quanto isso faz sentido. “Então é Natal. E o que você fez?”. Eu pergunto a você caro leitor. O que você fez? Eu ainda não sei responder a mim mesma. Na minha humilde opinião a resposta só interessa a nós mesmos. Os dias escuros deram sua clareada. Exceto em Brasília, onde o céu continua cinza. “Então é natal. E o que você fez?”. Já não tenho mais o que dizer, por aqui o céu há de continuar cinza e por aí espero que clareie. Feliz Natal a todos! Que a esperança nos acompanhe, que a perseverança nos encaminhe e que a fé nos descubra. “Então é natal. E o que você fez?”.


1 COMENTÁRIOS

My Instagram