sábado, fevereiro 08, 2020

MODO AVIÃO E O EXCESSO SOCIAL CAUSADO PELAS REDES SOCIAIS


Sinopse: Ana recebe uma proposta para ser influenciadora digital de uma marca renomada. Ela larga a faculdade para investir todo o seu tempo na página digital criando publicações, mas o trabalho que a princípio seria incrível, foi ficando cada vez mais nocivo para ela mesma. Certo dia, de tanto usar o celular, a jovem sofre um sério acidente de carro, o que a leva a deixar sua função de influenciadora de lado e passar um tempo na casa de seu avô Germano, no interior da cidade.
Ano de lançamento: 23 de janeiro de 2020
Netflix

O filme estrelado pela atriz Larissa Manoela é uma comédia romântica voltada para o público jovem adulto. O enredo fala sobre uma influencer, Ana, que vive ligada nas redes sociais, afinal de contas a menina trabalha para uma renomada empresa na área de moda. Uma jovem que vive da aparência e popularidade que a internet tem a oferecer, afinal de contas ela é uma influencer.

Nos bastidores a menina ainda namora de fachada para que a agência ganhe com ela e consiga lançar uma nova coleção, voltada para casais, o que ela não poderia esperar é que seu namorado de fachada iria terminar com ela publicamente. Seria isso parte de um plano de sua chefe? (Com uma chefe dessas ninguém precisa de inimigos)


A relação de Ana com os pais também não era das melhores e preocupados com a saúde da filha eles resolvem coloca-la em um período sabático. Tudo isso depois que a garota sofre um grave acidente. Longe da cidade grande e das redes sociais a menina vai para casa do seu avô, Germano, e é lá que a mesma descobre quem ela é – e quem sabe um amor de verdade?

O filme Modo Avião me fez lembrar de um que assisti a muito tempo atrás, protagonizado pela cantora Milley Cirus, Hannah Montana: O filme. Ambos falam do preço da fama. Mas voltemos ao enredo que nos interessa.

A história de Ana é um belo exemplo do que acontece na vida real. A vida de influenciadora digital subiu a cabeça de muitos jovens como um meio fácil de se sustentar e até mesmo ganhar popularidade, afinal o Influencer é justamente isso: alguém capaz de influenciar o seu público de uma forma geral, podendo ser ela positiva ou negativa. No caso de Ana a influencia estaria por meio da moda, as tão famosas It Girls.


O enredo é gostoso de assistir e sem muitas expectativas, afinal é um filme voltado mais para um público jovem e que nos faz refletir até onde o uso constante das redes sociais podem afetar as relações humanas e consigo mesmo.

E ai galera! Alguém já assistiu? O que acharam? Comenta ai pra gente!

2 comentários:

  1. Achei o filme bem fofo e com uma crítica que nos faz pensar em como estamos levando nossa vida estando sempre conectados e buscando por novos likes.

    ResponderExcluir
  2. Eu assisti. É divertido e com muitas reflexões. Vale a pena.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir