5 FILMES MATERNOS PARA ASSISTIR COM SUA MÃE E COMPANHIA NO FINAL DE SEMANA

REPRODUÇÃO MÃE E MUITO MAIS
Celebrado em pelo menos 40 países o Dia das Mães acontece, no Brasil, durante o segundo domingo de maio. E como dia 10 de maio é a tão comemorada data que celebra a figura familiar materna e a maternidade, nada melhor do que passar vendo filmes para lá de especiais. Afinal de contas “quem tem mãe, tem tudo”. Confira a lista:

MÃE E MUITO MAIS

O enredo se passará em Nova York com três mães que são amigas de longa data. O Dia das Mães chega e elas não recebem nenhuma mensagem ou agrado dos filhos que já estão em idade adulta. Decididas a se reconectarem com os filhos, as três mulheres decidem ir a Nova York e passar uma semana com as “crianças”. Só que no meio de todo esse processo, e confusão que estão por vir, elas descobrem que não é apenas a vida de seus filhos que precisam mudar.

UM OLHAR DO PARAÍSO

A trama acontecerá no ano de 1973, na Pensilvânia, subúrbio da Filadélfia. Susie Salmon foi assassinada. Seus pais Jack e Lindsei não aceitam a morte da filha até que durante as investigações policiais o gorro que a menina usava, feito por sua mãe, é encontrado em um milharal, junto aos destroços de um retiro onde a garota, supostamente, estaria com seu agressor. Nós seremos levados a vivenciar todo o drama familiar da perda, luto e superação, enquanto do outro lado Susie tenta aceitar a própria morte e seguir em frente.
REPRODUÇÃO UM OLHAR DO PARAÍSO

PODRES DE RICO

Rachel Chu é uma professora de economia dos EUA e namora com Nick Young há algum tempo. Young precisa ir ao casamento do melhor amigo, em Singapura, e convida Rachel para ser sua acompanhante, o único problema é que ele não havia comentado com a namorada que era herdeiro de uma fortuna inestimável, tornando-se assim o solteiro mais cobiçado em sua cidade natal. Rachel passa a ser alvo das candidatas que querem se auto promover para o cara e acaba sendo desaprovada pela mãe de Nick. Com toda certeza essa será a festa de casamento mais badalada da família e campo de provações.

MINHA MÃE É UMA PEÇA

E quando falamos nessa obra prima da comédia brasileira, inspirada na própria mãe de Paulo Gustavo, é sempre válido maratonar os três filmes. Dona Hermínia é uma mulher de meia idade, divorciada do marido. Hiperativa, ela não larga do pé dos filhos, Marcelina e Juliano, esquecendo que as crianças cresceram e já estão bem grandinhas.
REPRODUÇÃO MINHA MÃE É UMA PEÇA

O MENINO QUE DESCOBRIU O VENTO

Sempre se esforçando para adquirir conhecimentos cada vez mais diversificados, um jovem do Malawi se cansa de assistir todos os colegas de seu vilarejo passando por dificuldades e assim começa a desenvolver uma turbina, inovadora, de vento. E mesmo que ainda não consiga a aprovação imediata do pai a mãe o convence que ainda deve seguir o garoto para não perder aquilo que ainda lhes resta.

Compartilhe:

0 COMENTÁRIOS